Como Ganhar Dinheiro Importando Roupas

Os brasileiros são grandes consumidores do mercado de vestuário, e a compra de roupas importadas vem crescendo cada vez mais.
As roupas importadas estão entre as favoritas pois oferecem a sensação de status a quem as compra e, mais ainda, possuem uma qualidade superior ao vestuário nacional, permanecendo intactas, mesmo após as lavagens.
Mas o que muita gente não sabe é que é possível comprar essas roupas por um preço inferior e de forma muito simples: comprando o vestuário no exterior.

Lojistas e profissionais autônomos descobriram o segredo de importar barato e revender com alta margem de lucro.
Caso você seja um bom comunicador, tenha paciência para lidar com o público e organização financeira, vender roupas importadas pode ser um bom negócio para adquirir uma renda extra e até se tornar um trabalho permanente.
Nesse artigo vamos te dar as melhores dicas para você começar hoje a ganhar dinheiro importando roupas.

Por As Roupas No Exterior São Mais Baratas?

A grande divergência do valor das roupas entre o Brasil e outros países é principalmente por causa dos altos impostos do nosso país. Segundo levantamento, 38,5% do valor de uma calça jeans corresponde aos impostos.
Além dos impostos altos, as roupas das grandes fábricas chegam ao país em navios, e como a burocracia para entrada de produtos é muito forte, eles demoram muito para chegar ao seu destino. Outro fator também que faz com que as roupas de marca sejam mais baratas no exterior é o câmbio. Os países que mais valem a pena comprar roupas para revender é a China, Peru e Estados Unidos.
É por isso que importar roupas de fora tem se tornado uma atividade tão vantajosa e rentável, como é um trabalho lucrativo, muitas vezes chega a ser a principal fonte de renda de muitas pessoas.

O POR QUÊ nós já descobrimos, agora vamos explicar o COMO faturar com peças internacionais.

Como Ganhar Dinheiro Importando Roupas

O que muita gente não sabe é que é possível comprar roupas no exterior apenas pela internet, não precisa de viajar para trazê-las, nem pedir que algum familiar mande para o Brasil.
Não podemos deixar de frisar que os modelos de lançamento de roupas no exterior muitas vezes são “avançados” em relação ao mercado da moda brasileiro, por isso, o que você estiver comercializando talvez ainda nem tenha chegado ao Brasil e isso irá ampliar suas vendas.

Abaixo vamos te dar algumas dicas que irão fazer toda a diferença na hora de importar.

1 – Defina Seu Público Alvo.

Antes de mais nada, descubra para quais pessoas deseja vender; mulheres, adolescentes, homens, pesquise as tendências de moda no Brasil e os estilos para o público que quer alcançar.
Decida o foco principal do seu comércio. Você pode trabalhar de duas formas: roupas importadas de grife ou roupas internacionais baratas de qualidade, mas que não sejam de luxo.

Caso opte por marcas de grife, aconselhamos buscar por marcas como a Colcci, Lacoste, Ralph Lauren, Hollister, Calvin Klein, Abercrombie e Tommy Hilfiger por terem maior saída comercial. Uma sugestão para facilitar o “acerto” dos estilos é comprar, inicialmente, um pouco de cada estilo, assim, nos primeiros meses de venda, poderá acompanhar quais peças saem mais e tem mais procura pelo consumidor.
Sabendo o que o público deseja, fica fácil comprar as roupas certas para garantir seu faturamento.
Após delimitar o público alvo dos clientes e das roupas que deseja comprar, chegou a hora de pesquisar.

2 – Pesquise Preços Do Mercado

Como você já sabe QUAIS roupas vender e PARA QUEM, chegou a hora de descobrir POR QUANTO.
O segredo para revender roupas é ter a certeza de que são de boa qualidade e as mais baratas, pois só assim você vai obter lucro de fato.

Para isso, pesquise em vários sites brasileiros o preço da roupa específica que deseja vender, e depois procure nos sites estrangeiros o preço de venda do mesmo modelo.
Faça as contas para ver o valor que seria vantajoso para você revender o produto escolhido, analise seu lucro antes de mais nada.
Em alguns cliques, você já consegue estabelecer uma média de valor e descobrir o preço real do seu produto no exterior e no Brasil.

3 – Conheça O Fornecedor

Como nossas dicas são de compras online, é aconselhável que se pesquise também sobre quem estará fornecendo as roupas.
Entre nas avaliações do vendedor para ver o que que seus clientes dizem sobre a qualidade, embalagem e o estado de conservação do produto.
Descubra se ele entrega os pedidos corretamente e no prazo estabelecido, veja se seus meios de pagamento são acessíveis, se o site é seguro para realizar transações financeiras.

Você pode pesquisar pelas avaliações do site, do Google, e até mesmo do Site Reclame Aqui para ver se existe alguma reclamação da empresa em si ou dos produtos que ela oferece.
Quanto mais conhecimento você tiver sobre o produto e sobre o fornecedor, mais seguro estará para fazer sua propaganda e ter as peças chegando na hora certa para a revenda. Assim, sua credibilidade diante de seus clientes será ampliada.

4 – Onde Comprar As Roupas Importadas

Para adquirir roupas importadas para revenda, sugerimos procurar por lojas online no exterior. Faça uma lista de pelo menos cinco empresas diferentes para comparar preços, opções e frete.
Fizemos uma lista com alguns fornecedores que pode te interessar, fique atento ao câmbio antes de comprar e se precisa pagar alguma taxa a alfândega (o próprio site informa).

AliExpress – Site de compras da China, vende todos os segmentos de roupas, calçados e acessórios, você pode optar por visualizar o valor do produto diretamente em reais e é muito fácil conseguir cupons de desconto nos produtos e frete.

Yoins – E-commerce exclusivo para mulheres. Possui todos os estilos de roupas e sugestões de tendências para as variadas estações do ano. Ao entrar no site você já ganha cupons de desconto.

Direct Peru & Co. – Roupas de grife vendidas por um site peruano.

Amazon – Diretamente dos Estados Unidos, as grifes mais conhecidas você encontra aqui.

Carter’s Oshkosh – Esse site vende roupas importadas para bebês no Brasil com desconto em todas as estações e frete online para compras acima de R$ 500,00

5 – Margem De Lucro Para Roupas Importadas

É aconselhável que você calcule sua margem de lucro de 60% a 100%, dependendo da peça de roupa. Essa é a média que as lojas costumam colocar.
A dica é estabelecer uma margem que não fique exagerada para o cliente que deseja alcançar.
Caso ele perceba que seus preços estão muito mais “salgados” comparados aos seus concorrentes, rapidamente irá deixar de comprar na sua mão e ainda é possível que leve outro clientes consigo espalhando boatos sobre preços abusivos.

Por isso, procure fixar um preço justo para o cliente, e para você, claro, não abra mão do seu lucro para não prejudicar o faturamento.
Amplie seus lucros investindo em marketing, abuse das redes sociais como Facebook e Instagram para demonstrar produtos, realizar sorteios e promoções.
Se o negócio crescer, invista em e-commerce.
No Brasil existe um amplo mercado para a revenda de produtos importados, basta ter um pouco de paciência para pesquisar, conhecer os produtos que deseja vender e investir em propaganda que terá um sucesso garantido.

.